segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Chapter 26


"Amor... Tem gente que se diz amar outra pessoa sem ao menos saber seu certo significado”

.....
Fomos pra sala e sentamos lá no fundo. Van estava com uma expressão preocupada.
Sel: O que foi? (perguntei pegando meu caderno e o jogando sobre a mesa)

Van: Eu to com medo, Sel..

Sel: Do que? Da Ashley?

Van: Antes fosse... O pai do Logan.

Sel: O que? Ele apareceu?

Van: Não. Ainda não.

Sel: Mas ele é o pai dele mesmo?

Van: Claro que sim. Quando minha irmã sumiu, ela estava com ele. E tudo indica que eles fugiram juntos. Largaram o garoto com a gente.

Sel: Então, os dois que largaram ele?

Van: Uhum. Eles eram bem novos quando ela o teve... Meio que quiseram “viver a liberdade”

Sel: Meu Deus.

Van: É, digo o mesmo.

Sel: Eu não me surpreendo com mais nada (sorri forçado)

Van: Nem eu... (ela riu) Mas eu acho melhor a gente ficar quieta. Daqui a pouco o senhor “English” (ela fez aspas) chega.

Apenas assenti e ficamos em silêncio. E logo Demi passou pela porta com Joe, ela sorria de cabeça baixa. Eles ainda se amavam e o “destino” daria uma forcinha. Demi se sentou na cadeira de costume e Joe se sentou na da frente. Mas logo se virou pra trás e falou alguma coisa que fez Demi rir e abaixar a cabeça. Os anos passam mas parece que certas coisas não mudam.

Selly Off

Demi On

Entramos na sala, e tentei ignorar o fato de todos ficarem encarando Joe. E pra melhorar ficaram me encarando também. Me sentei em minha cadeira e Joe se sentou na da frente. Ajeitou a mochila mas logo virou pra falar comigo.

Joe: Não to gostando desse pessoal ficar encarando você. (ri com vergonha, abaixando a cabeça)

Demi: Estão encarando você...

Joe: Eu? É piada né? (ele riu) 

Demi: Não. Você é novo aqui. A escola é pequena e você é a notícia de hoje.

Joe: Ótimo. (disse irônico e eu ri) Você ri porque não é você.

Demi: Mas já fui eu um dia. Ah, droga. (bufei e abaixei a cabeça)

Joe: O que foi?

Demi: Vacashley e a cobra amiguinha dela estão olhando pra cá. (disse um pouco enciumada)

Joe: Eu não vou olhar pra ela.

Demi: Isso é o que todos dizem, até olharem pra aquelas pernas de saracura depiladas com gilete de 1,99. (levantei o rosto para encará-lo)

Joe: Poxa Demi, pegou pesado. (ele riu)

Demi: Já tá até defendendo ela. (revirei os olhos)

Joe: Esse seu ciúme é patético, sabia? (ele disse divertido)

Demi: Ciúmes? (ri forçado) Que ciúmes, Joseph? (ele me encarava com um sorriso no rosto)

Joe: Esse aí, que você finge não estar sentindo.

Demi: Mas... (ele me interrompeu)

Joe: Chega de crise de ciúmes por hoje, ta bom. (dei língua pra ele, que riu)

Demi: O professor chegou (apontei pra porta com a cabeça e todos ficaram em silêncio)

Joe: Nossa. (ele sussurrou antes de virar para a frente)

O professor sentou na mesa e organizou suas coisas. Quando terminou, ergueu a cabeça e olhou para a turma. Seu olhar parou em Joe. Maravilha! -.-
Jorge: Você é? (ele apontou para Joe, todos na sala seguiram com o olhar)
Joe: Hm... Joseph.

Jorge: Não me falaram que iríamos ter um aluno novo. Venha se apresentar. (ele levantou e caminhou lentamente até ao lado do professor) Nome e idade.

Joe: Joseph Jonas, 18.

Jorge: Veio de onde?

Joe: Eu sou natural de New Jersey, mas vim de Los Angeles.

Ele bagunçou o cabelo com a mão e as vadiazinhas suspiraram. A minha vontade era de levantar e gritar: “Tira o olho que ele é meu! Já namoramos e temos uma filha linda juntos.” Mas eu não podia. Ele sentou de volta no seu lugar e o professor começou a aula. Tivemos 2 aulas de história com ele e uma de matemática depois. No almoço eu resolvi passar na sala da Maddie pra ver se estava tudo bem, e Joe foi comigo. A porta estava aberta e só minha tia e Maddie ainda estavam na sala.
Demi: Licença...
Maddie: Demi! (ela correu e pulou no meu colo, parecia pálida) Oi, Joey! (ela sorriu pra ele)

Joe: Oi! (sorriu de volta)

Demi: Você tá bem?

Maddie: Sim... Posso almoçar com vocês?

Demi: Sim, vai lá pegar seu lanche. (coloquei ela no chão e ela voltou com a lancheira) Vamos? (eles assentiram e Maddie me deu a mão, estava gelada) Tem certeza que você ta bem? (perguntei preocupada)

Maddie: Sim, Demi. (revirou os olhos, impaciente)

Joe: Ela se preocupa, Maddie. Não precisa falar assim.

Maddie: Desculpa, Dem. (ela deu um beijinho na minha mão)

Demi: Tudo bem. 
Nós fomos conversando até a praça de alimentação e eu sentei com Maddie enquanto Joe foi buscar meu lanche e o dele. Maddie deu apenas uma mordida no pão de queijo dela e nem tocou no suco.
Demi: Tá ruim seu lanche? 
Maddie: Não, é que eu to sem fome. (ela fez careta) 
Demi: É, mas você tem que almoçar... 
Maddie: Eu comi bastante no café, não quero. (ela ficou de bico e empurrou o potinho do lanche pro meio da mesa)
Demi: Não vou te convencer né? (ela negou com a cabeça) 
Joe: Convencer o quê? (ele chegou e colocou minha bandeja na minha frente e se sentou) 
Demi: A baixinha aqui não quer comer. (baguncei o cabelo dela) 
Maddie: Falou a pessoa maaaaais alta do mundo. (ela olhou pra mim) 
Demi: Mas você é a metade do meu tamanho.
Maddie: Eu tenho 3 anos. (disse indignada)
Demi: Mas continua baixinha. (ela me deu língua e apoiou a cabeça na mesa)
Maddie: Demi... (ela chamou olhando pra trás de mim) Quem são elas? (ela levantou a cabeça e eu olhei pra trás)
Ashley: Oi, Coisa. (ela olhou pra mim e depois pra Maddie) Coisinha. E... (coisão < Poliana) Joe, não é? (ela lançou um olhar malicioso para Joe. Na verdade nem chegava a ser malicioso, parecia mais que tinha caído um cisco no olho dela) 
Demi: O que você quer aqui? (eu ia levantar mas Joe puxou minha mão) 
Joe: Demi, deixa que eu resolvo isso. (eu me sentei e puxei Maddie pro meu colo) Ahn... Quem é você? (ele se levantou) 
Ashley: Ashley Greene, prazer. (ela estendeu a mão pra ele, sorridente, mas ele não apertou e ela puxou de volta. Selly que estava ali junto olhou pra mim e sorriu)
Joe: E... Isso justifica o fato de ter chamado minha amiga aqui, de coisa? 
Ashley: Fala sério (ela riu debochada) Ela deve tá é pagando essa "amizade" aí com serviços a noite. Agora, se você quiser, eu posso fazer isso... 
Demi: Eu não faço, mas eu acho que você faz e nem cobrar deve, porque né...
Ashley: Com que você pensa que tá falando, garota? 
Joe: As duas! Parou, ok? Ashley, ninguém te chamou aqui e... Demi, não perca seu tempo com isso.
Ashley: Mas com quem você pensa qu... (Chelsea a interrompeu)
Chelsea: Vamos, a gente tem coisa melhor pra fazer. (elas saíram e Selena ficou pra trás) 
Sel: Tipo dar a bunda na esquina (ela disse, rindo, pra mim e saiu) 
Maddie: O que a Selly quis dizer com... (a interrompi) 
Demi: NADA! Ela não quis dizer nada, ok? (ela assentiu) 
Joe: Garota sem noção.
Maddie: Ela parece pior que a Cruella De Vil... (ela fez bico e enterrou a cabeça no meu pescoço) 
Demi: Ela pode ser muito pior, Maddie. (passei a mão nos seus cabelos) Quando você ver ela, passa longe tá?
Maddie: Uhum.
Joe: Maddie? 
Maddie: Oi? (ela olhou pra ele e ele empurrou o potinho com o lanche pra perto dela)
Joe: Come. 
Maddie: Mas, Joey... (disse manhosa)
Joe: Não, nem tente. (ele sorriu) 
Joe acabou convencendo Maddie a comer o lanche dela. Ela ficou de bico, mas foi só falar que levaríamos ela no parque que o bico sumiu, pois é... 

Oi pessoal, Duda aqui. Demorei um pouco pra vir postar porque tava esperando mais comentários T.T 
Mas enfim, está aí o capítulo, nós esperamos que vocês gostem (:
Beijos,
Duda.
(porque Dudica a Polly não deixa u_u)

sábado, 21 de janeiro de 2012

Aviso!

Gente, vocês devem saber das novas leis (S.O.P.A e P.I.P.A.) que ainda estão em processo, né? Mas o que acontece... Se a lei for aprovada o Google vai excluir o Blogger. Eu e a Duda fizemos uma conta no wordpress, savemyheartjemi.wordpress.com, para no caso de ser REALMENTE excluído, nós postarmos nossa fic lá. Não é nada confirmado, é só no caso de realmente ser excluído. Caso contrário vamos continuar aqui. Bom é só isso.

Beijos.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Chapter 25


"Mesmo sem saber de nada Joe havia se apegado muito a Maddie" 


Joe colocou Maddie em seus ombros e ela começou a me perturbar.


Maddie: Viu Demi, eu to mais alta que você. (ela jogou o cabelo pra trás)


Sel: Todo mundo é mais alto que ela.


Demi: Há há (ri sem humor e começaram as piadas em relação à altura. Emburrei a cara e cruzei os braços)


Joe: Hey, Pequena você é fofa assim. Baixinha. (Joe me puxou pela cintura, e beijou meu cabelo. Maddie segurou o pescoço dele com medo de cair) Vai me enforcar?


Maddie: Eu vou cair. (ela enfiou a cara no cabelo de Joe)


Joe: Não vai, não.


Maddie: Se eu cair eu vou mandar o Yoshi pegar você. (ela disse, a voz abafada pois seu rosto ainda tava no cabelo de Joe) Isso aqui tá cheio de gel. (Ela fez cara de nojo nos fazendo rir) 


Chegamos na escola, claro os olhares foram pra Joe. Se aquilo me perturbou? Muito. Ele mesmo não estava tão preocupado com aquilo. Eu queria dar um tiro na cara de cada garota que o olhava ali. 


Sel: Que cara é essa? (Sel sussurrou no meu ouvido)


Demi: A minha. Pensei que conhecesse. 


Sel: Calma, fofa. O Joe não vai olhar pra nenhuma vaca daqui. 


Demi: Tomara que não.


Sel: Quanto a isso pode ficar tranquila. Ele ta ali brincando com Maddie enquanto você tá com essa cara de taxo. Sorria, Demi. (ela puxou as laterais da minha boca "forçando" um sorriso, não aguentei e tive que rir) Isso.


Olhei pra trás de Sel e Ashley nos olhava com uma cara feia. Novidade, ela já tem de nascença mesmo. Sel olhou pra trás.


Demi: Melhor você ir. 


Sel: Tá (Ela revirou os olhos e seguiu em direção à elas)


Fui pra perto de Nick e Joe, que estava sentado com Maddie em seu colo.


Maddie: Demi, o JJ pode ir me levar com você?


Demi: Se ele quiser ir.


Joe: Tá (ele sorriu torto)


Nick: Vou pra sala, não quero quebrar o clima pessoas felizes aqui. 


Maddie: É só você rir também que você fica feliz.


Nick: Não dá não, Maddie. Não com a Sel ali com as...coisas. (ele se segurou pra não xingar) Bom, to indo. (ele deu um beijo na testa de Maddie e entrou)


Joe levantou e Maddie foi pulando na nossa frente.


Joe: Ela já estuda?


Demi: Não.. Ela só fica ai pra não ficar sozinha em casa.


Joe: Ah. É incrível como eu me apeguei tão rápido a Maddie. 


Demi: É... (abaixei a cabeça sorrindo)


Chegando perto pude ver Dani, com Frankie parado na porta. 


Dani: Oi... (ela disse sorrindo pra nós)


Maddie: Oi, Frankie.. (ela deu tchauzinho pra ele)


Frankie: Oi...


Maddie: Você tá chorando?


Dani: Ele tá com medo. Primeiro dia, sabe?


Maddie: Vem, eu não deixo ninguém brigar com você. (ela estendeu a mão pra ele que segurou, eles já estavam entrando)


Demi: Maddie...


Maddie: Ah... (ela correu vindo me abraçar e fez o mesmo com Joe) Tchau, Tia Dani. 


Ela deu um beijo na bochecha dela, e Frankie fez o mesmo. Ficamos os 3 observando eles entrando na escola. Maddie logo apresentou todas as crianças que estavam ali. E eles entraram na pequena sala.


Dani: Bom, eu tenho que ir... O Kevin tá arrumando as coisas da mudança, tá meio enrolado. (Ela riu) Até logo.


Dani se virou e o sinal tocou. Eu e Joe fomos em direção a sala.


Selly On


Eu estava andando, do meu lado Van, Ashley e Chelsea. Eu e Van íamos caladas enquanto elas tagarelavam. 


Ashley: SELENA!


Sel: Hum? (perguntei a encarando) 


Ashley: Você escutou o que eu disse?


Sel: Não...


Ashley: ARG. Me conte tudo sobre aquele garoto.


Sel: Quem?


Ashley: Quem poderia ser? O que veio com vocês hoje.


Sel: Pra que quer saber?


Ashley: Quem você pensa que é, hein? Me responde logo! Não pense que esqueci do seu chilique...


Sel: Eu não aguento mais você, sabia?


Ashley: Como se eu precisasse de você. (ela riu sarcasticamente) Agora seu pai precisa. E muito do emprego...


Sel: O que você quer saber dele? (respondi derrotada, se meu pai perdesse o emprego estaria tudo acabado)


Ashley: Tudo (ela sorriu convencida) Bom a começar pelo nome.. Idade.. Da onde veio...


Sel: Joe.. 18. Los Angeles.


Ashley: Da onde conhece ele?


O sinal tocou. Salva pelo gongo. Dei um sorriso amarelo pra ela.


Sel: Eu vou pra sala. Depois nos falamos.


Ashley:não pense que eu esqueci.. Quero saber de tudo. (ela deu seu sorriso falso e saiu rebolando em direção a sua sala, com Chelsea atras. Essa aula  eu me sentava com a Van. Teria calma. Pelo menos nos dois primeiros tempos.)


Van: Eu não suporto mais ela. (ela fez careta) Sério.. Se minha mãe não precisasse desse emprego.. arg (ela passou as mãos nos rosto impaciente) 



Oi Meus amores! Como vão? Bom vim aqui bem rápido. Só pra postar mesmo. Aqui choveu bem forte e corre o risco de chover novamente. Meus pais estão falando pra eu desligar e tudo mais (¬¬) Bem. Espero que gostem e estamos felizes pelo número de comentários.Ah já ia esquecendo. No capitulo 21 tem um album que a Sel deu de presente pra Demi. Quem não conseguiu visualiza-lo como gif, clica nele ;D Postaremos novamente assim que pudermos. Beijos. Poliana.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Chapter 24

“ É incrível como depois de anos é como se nada tivesse mudado”
 .....
Demi: De onde eu conheço o Joe? (falei ainda nervosa)
Maddie: É, Demi. (ela revirou os olhos) Vocês estudaram juntos?
Demi: É, estudamos.
Maddie: Então por que ele não morava aqui?
Demi: História longa. 
Maddie: Então você me conta na hora de dormir. 
Chegamos em casa e coloquei Maddie em baixo do chuveiro enquanto fui em seu quarto pegar seu pijama. Voltei pra meu quarto e Maddie estava no banheiro com a toalha enrolada. A vesti e ela começou a falar.
Maddie: Demi, com quantos anos você vai me falar como se escolhe namorado? Porque eu quero que você tenha um. Igual a Selly tem. (ela disse enquanto escovava seus cabelos, a virei pra mim)
Demi: Olha só, Maddie. (me ajoelhei na sua frente) Não adianta você ficar com essa ideia de eu ter que namorar. Uma hora alguém legal vai aparecer. 
Maddie: Já apareceu. Você que é lenta pra perceber.
Demi: Como é? (quando dei por mim ela já tinha voltado correndo pro quarto e se enfiado pra debaixo das cobertas.) Madison.
Maddie: Eu já to dormindo. (ela falou segurando as pontas do edredom pra eu não puxar)
Demi: Então você não precisa mais do beijo de boa noite? Então ta bom. (fingi sair do quarto mas ela se descobriu)
Maddie: Demi... (ela fez bico, sorri e fui dar um beijo em sua testa) Não vai contar a história?
Demi: Deixa pra outro dia tá? (ela só concordou e encostou a cabeça no travesseiro fechando os olhinhos)
Esperei uns 5 minutos. Foi o tempo de Maddie cair no sono. Fui até meu guarda-roupa pegar meu pijama e escutei um barulho lá embaixo. Desci devagar, pude ver meu pai colocar o sobretudo no cabide. Me aproximei devagar. Ele me encarou e forçou um sorriso. 
Demi: Hm... E a mamãe?
Patrick: Ela tá bem. Na medida do possível pelo menos. Os médicos pediram que ela fique pelo menos essa noite lá.
Demi: Ela volta amanhã?
Patrick: Sim.. Logo depois do almoço.
Demi: Ok.. Eu vou dormir. To cansada.
Patrick: Eu vou pegar alguma coisa pra comer e também vou dormir. (ele me deu um beijo na testa e foi em direção a cozinha, era incrível como meu pai continuava a mesma pessoa. Ele só se irritava quando minha mãe dava suas crises. Talvez se não fosse ele eu não estaria mais nessa casa, foi ai que lembrei que ainda segurava meu pijama, e subi pro quarto pra me vestir, tomei um banho rápido e me deitei do lado de Maddie. Só de pensar que minha mãe voltaria amanhã pra casa eu já ficava com medo. Foi ai que olhei pro rosto da minha pequena. Ela sorriu enquanto dormia mesmo. Aquilo me acalmou. Me aconcheguei em seu lado e arrumei a coberta. Fechei meus olhos, reparei que eu estava realmente cansada. 
Trin.. Trin.. Era o barulho irritante do despertador. Hoje seria Quinta. O primeiro dia no lado de Joe dentro de uma escola. Levantei mais empolgada que o normal, olhei na janela e estava sol, o dia tinha tudo pra ser perfeito. Pelo menos até a hora do almoço, entrei no banheiro e fui logo pra de baixo do chuveiro. Me sequei. Vesti um vestido preto com bolinhas brancas, e uma sapatilha preta. Passei a escova no cabelo e os deixei solto. Cutuquei Maddie na cama, que acordou já sorrindo.
Demi: Vamos. Hora da escola.
Maddie: Eu tive um sonho bem lindo.
Demi: É? 
Maddie: Uhum... (ela se levantou da cama)
Demi: Que tal a senhorita ir direto pro banheiro tomar um banho, e no caminho da escola você me conta?
Maddie: Tá bom. 
Ela saltitou até o banheiro e pude escutar o chuveiro ligando, fui até seu quarto e peguei um vestido jeans rosa, uma calça legging cinza e uma blusa rosa que ia até os pulsos pra por debaixo. Voltei pra meu quarto e Maddie ainda estava embaixo do chuveiro cantando...
Maddie: "Don't Give Up, no no no. Don't Give Up..."
Entrei no banheiro e ela estava segurando a embalagem do shampoo e dançava com os olhos fechados. O banheiro já estava todo molhado.
Demi: Que lindo, não dona Madison. (encostei na porta colocando a mão na cintura, ela se assustou e riu nervosa)
Maddie: Me empolguei? 
Demi: É o que parece, né?
Sequei ela e a deixei no quarto, se arrumando. Não estava com a mínima vontade de arrumar o banheiro. Desci pra cozinha e no relógio marcava 8:05, meu pai ainda não tinha descido, talvez estivesse cansado. Arrumei o meu café e o da Maddie, dois sanduíches, dois sucos de morango e salada de frutas. Ela comeu falando sobre tudo o que tinha feito com Frankie e com Logan, - que segundo ela era de sua sala - joguei a louça dentro da pia e Maddie correu pra pegar sua mochilinha e calçar a sapatilha, peguei minha bolsa. Como estava sol e nós estávamos adiantas resolvi ir a pé. Maddie foi tocar a campainha de Sel enquanto fiquei na calçada. Ela ficou batendo os pesinhos enquanto ninguém abria a porta. Quando Sel apareceu ela pulou em seu colo, a dando um beijo na bochecha. Ela entrou e logo saiu com a bolsa, encostou a porta e veio pra perto de mim. 
Sel: Bom dia! 
Demi: Bom dia. (eu ri) Ta de bom humor hoje, é?
Sel: Uhum... Mas parece que não sou a única.
Demi: Oi?
Maddie: E a lerdeza da Dem ataca novamente...
Demi: Não entendi, Sel. (falei logo depois de dar língua pra Maddie)
Sel: Você nunca mais foi de vestido pra escola.
Demi: Sei lá, me deu vontade...
Sel: Uhum. vontade... Não vão de carro? 
Demi: Não! Vamos aproveitar o sol.
Sel: Ta né. E aí Maddie? Alguma novidade da escola?
Maddie: Não... Ah, o Frankie disse que talvez ele vá estudar lá na escola. (ela sorriu de orelha a orelha)
Sel: Madizinha linda da Tia Selly. 
Maddie: O que? (ela riu da cara de Sel)
Sel: Adivinha quem também vai estudar na nossa escola?
Maddie: Quem? (ela olhou pra frente e viu Joe segurando uma mochila somente por um braço, do seu lado estava Nick. ) JJ! (Ela pulou do colo da Selly e correu abraçando as pernas de Joe)
Joe: Oi, pequena. (ele se abaixou e ela deu um beijo na bochecha dele)
Maddie: Você vai estudar na minha escola? (seus olhos brilharam)
Joe: Vou sim.
Maddie: Legal! Eu vou poder te mostrar tudo. (ela esticou os bracinhos pra Joe que a pegou no colo, ele me encarou e sorriu)
Joe: Oi Dem. (ele me deu um beijo na bochecha) 
Demi: Oi... (ele ainda me chama de Dem. Minha vontade era de sair quicando de felicidade)
Sel: Oi, Joseph!
Joe: Oi, Selena. (ele abraçou ela)
Maddie: Eu.To.Sendo.Esmagada. (Joe riu e soltou Selena)
Estávamos andando e rindo, até Maddie falar algo no ouvido de Joe. Estou vigiando ela mais que o normal. Ele apenas virou pra Nick e o pediu pra ele levar a bolsa dele. Não ela não pediu isso... Não, não. Diga que não.
Oi gente, Duda aqui /corre Desculpa a demora para postar, eu tava com preguiça -.- /corre de novo
11 comentários? *O* Obrigada as meninas pelos selinhos, já vou coloca-los na página (: Então, gostaram do layout novo? Eu que fiz u_u Se a Polly vê que eu falei isso eu to morta kk 
Enfim, ao anônimo que perguntou o nome da música é Don't give up, do divo Bruno Mars *O*
Eu posso surtar um pouquinho? AAAAAAAAAAAAA Como assim Pâmela e Demi lendo nossa fic? *O* Inacreditável *O* 
Só isso hoje, comentem e falem o que acharam do capítulo (:
Beijos!


quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Chapter 23



"Momentos não acontecem sem querer. Eles vem de acordo com nossas escolhas"

.....

Joe Off

Demi On
Estávamos todos sentados em uma mesa conversando, exceto as crianças e Selena, quando as luzes se apagaram e uma luz branca e uma azul focaram no palco que até agora não havia sido usado. Maddie apareceu do nada e andou pacientemente até o centro do palco. Selena veio logo atrás.
Selena: Boa noite, gente. Eu queria pedir uns minutinhos, porque a baixinha aqui quer falar umas coisas. (ela olhou para Maddie)
Demi: Mas o quê...? (sorri)
Maddie: Boa noite. (ela disse envergonhada e ouvi alguns “aw’s” pelo salão) Hoje é aniversário da pessoa que é, provavelmente, a mais importante na minha vida.(ela sorriu pra mim e eu retribui) E eu queria que ela visse uma coisa. Quer dizer, ouvisse. Eu e Selly viemos trabalhando nisso faz um tempo e... Eu queria que você ouvisse, Dem.
Ela esticou a mão na minha direção, eu assenti me levantando e subi no palco, parando ao seu lado.
Maddie: Selly, cadê o CD?
Selly: Tá aqui em algum lugar. (ela começou a procurar dentro da bolsa) 
Então... (ela sorriu amarelo) Eu esqueci em casa...
Maddie: Ah, que lindo. (ela colocou as mãos no rosto)
Selly: É só chamar alguém que saiba tocar violão. Mas quem?
Demi: O Joe sabe...
Selly: ISSO! Vai lá chamar ele, Maddie.
Ela foi chamar ele e Selena me fez sentar em um baquinho no palco. Todos ficaram olhando Maddie chamar Joe e voltar ao palco junto com ele e um violão. Maddie lhe entregou um papel com partituras e Selly saiu do palco, deixando nós 3 ali. Ela pegou o microfone novamente e Joe começou a dedilhar as cordas do violão, fazendo sair um som suave e divertido ao mesmo tempo. Logo Maddie começou a cantar, baixinho, ainda meio envergonhada com todos a olhando.

When you wanna do something that's new
(Quando você quer fazer algo novo)
And it seems really, really hard to do
(E parece difícil, bem difícil de fazer)
You feel like quitting, you feel you're through
(Você sente vontade de desistir, sente que já acabou)
Well I have some advice for you
(Bom, eu tenho um conselho para você)
Don't give up, keep on trying
(Não desista, continue tentando)
You're gonna make it, I ain't lying
(Você vai conseguir, não estou mentindo)
Don't give up, don't ever quit
(Não desista, não volte atrás)
Try and try and you can do it
(Tente e tente, você consegue fazer isso)
Don't give up, yeah
(Não desista)

Ela me olhou e sorriu. Eu conhecia a música, ela me mostrara um dia dizendo que era para um trabalho de escola e eu havia ajudado a escrevê-la. Maddie veio até mim, pegou minha mão e depois me entregou um microfone.

If you want to catch a ball
(Se você quiser pegar uma bola)
But you're having no luck at all
(Mas você não está tendo sorte)
The ball hits your head, it hits your nose
(A bola bate na sua cabeça, bate no seu nariz)
It hits your belly, your chin and toes
(Bate na sua barriga, queixo e dedos)
Well, try and try and try again
(Bom, tente e tente e tente de novo)
Keep on trying and soon end
(Continue tentando e logo conseguirá)
You put your hands out in the air
(Você bota as mãos no ar)
You'll catch the ball
(Você vai pegar a bola)
Yes, this I swear
(Sim, isso eu juro)

Eu comecei a cantar junto a ela, as pessoas começaram a bater palmas acompanhando a música...

You got yourself rollerskates
(Você tem patins)
You put them on and you feel great
(Você os coloca e se sente ótimo)
You stand up, then you fall,
(Você fica de pé, e então cai)
Don't think you can skate at all
(Não pense que você não consegue patinar)
You get back up, then you trip,
(Você levanta, você tropeça)
You skip and tip and slip, and flip
(Você salta, vira, escorrega e gira)
You try and try and try some more
(Você tenta e tenta e tenta mais)
And soon you're skating across the floor
(E logo estará patinando por aí)

Maddie segurou minha mão e chamou Joe com a cabeça para se juntar à nós. Ele levantou do banquinho e veio tocando até o meu lado.

Don't give up, keep on moving,
(Não desista, continue)
You're gonna get there, just keep on grooving
(Você vai chegar lá, continue no embalo)
Don't give up, don't pack it in
(Não desista, não volte atrás)
Try and try, and you'll win
(Tente e tente, e você vai vencer)
Don't give up, no no no
(Não desista, não não [3x])
Don't give up!
(Não desista!)

Todos aplaudiram e Maddie se jogou no meu colo.
Maddie: Parabéns, Demi! (ela me abraçou)
Demi: Obrigada, anjo. (sorri)
Depois disso ficaram todos dançando, deu a hora de cantar parabéns e o primeiro pedaço foi pra Maddie, que ficou toda boba e perturbando Sel.
Me despedi de todos, Maddie segurava minha mão esquerda enquanto eu ia abraçando os convidados somente com o outro braço.
Por último veio Joe, ele me deu um beijo na bochecha e um beijo na testa de Maddie. E se virou indo logo atras de Kevin, Dani e Frankie. Fui até Sel e Maddie foi se sentar numa cadeira.
Sel: Demi se você quiser pode ir. 
Demi: Não vai agora?
Sel: Não. Tenho que limpar o salão.
Demi: Então eu fico pra te ajudar.
Sel: Não. A Senhorita vai ir pra casa descansar, e leva a Maddie que já tá quase dormindo ali na cadeira. (olhei pra onde ela apontou e Maddie estava sentada com a cabeça tombando pro lado)
Demi: Você vai limpar isso sozinha?
Sel: Não.. O Nick vai me ajudar.
Demi : Então tá.. (dei um abraço nela e fui acordar Maddie, perguntei se ela queria ir no colo mas ela disse que já ia fazer 4 anos, e já estava "grande")
Maddie: Então Demi ...(ela disse enquanto segurava minha mão e saltitava)
Demi: Então Demi o que?
Maddie: Eu gostei do Joe...
Demi: é ele é bem legal..
Maddie : Muito..
Demi: E por que tá falando isso?
Maddie: Por que ele que vai ser seu namorado.
Demi: Como é?
Maddie: Isso. Ele vai ser seu namorado. Eu escolhi ele.
Demi: Maddie.. (me abaixei em sua frente) A gente não escolhe namorado assim.
Maddie: Então é como?
Demi: Quando você estiver maior eu te explico.
Maddie: Ta bom (ela emburrou a cara) Mas que ele é legal, é.
Demi: Eu sei.
Maddie: Você conhece ele da onde?
Demi: Oi? (olhei pra ela, eu escutei mas era o tempo de eu inventar uma desculpa)
Maddie: De onde você conhece o Joe?


Quanto tempo hein? Eu sei que sumimos e tudo mais... Mas ai está o capitulo. Eu espero que gostem. E 10 comentários? *O* Vou ali morrer e já volto.
Gente muito obrigada pelos 10 comentários e pelos selinhos. A gente já vai colocar lá na página (:
Hoje não vai dar pra responder aos comentários porque nós estamos escrevendo os próximos capítulos pra vocês u_u
E já ia esquecendo... FELIZ ANO NOVO O/

Beijos,
Polly e Duda.