sábado, 9 de fevereiro de 2013

Chapter 46


O tempo vai curar o que a vida deixou machucar.
Algumas feridas nunca saram...
(Só esquecemos que estão lá)

Sel on

Cheguei à escola meia hora antes do que estava acostumada a chegar e sentei no meio fio na frente do portão, que por ser cedo ainda não tinha sido aberto. Não que eu adorasse me meter na vida das pessoas, mas a Demi é uma das que eu daria a vida e eu queria muito que ela e Joe se acertassem. Esperei pacientemente que ele chegasse, cinco minutos depois ele sentou ao meu lado no meio fio.

Sel: Oi? (disse quando ele não falou nada)

Joe: Oi.

Sel: Joe, por que fez aquilo?

Joe: Hã? Selena, eu nunca beijei a Ashley, nunca nem passou pela minha cabeça que... (ele começou a falar rápido e eu o interrompi sorrindo)

Sel: Era só um teste com você. O que aconteceu lá? (ele suspirou)

Joe: Eu tava guardando o material, o armário da Ashley fica perto do meu e ela tava por ali. Ela tinha ficado pegando no meu pé de manhã, você viu e tudo...

Sel: É, a Demi me falou o que deu lá. (falei baixo)

Joe: Ela simplesmente veio e se grudou em mim, Sel. Me agarrou ali, não deu nem tempo de me soltar.

Sel: Se a Demi não tivesse visto... Você contaria pra ela?

Joe: Claro que sim. (ele respondeu sem hesitar, sorri fraco)

Sel: Queria ouvir seu lado de tudo, não seria justo julgar antes.

Joe: Você acredita em mim, então?

Sel: Sim. Por quê, não deveria?

Joe: Não, é porque a Demi não acreditou. Não entendo vocês, mulheres. (eu ri)

Sel: Ela tava estressada, Joe. Com dor de cabeça, mal da gripe e tava absorvendo tudo ainda. Acho que se você falar com ela hoje ela vai te ouvir. Mas tenta mesmo, tá?

Joe: Sim. Ela não vem hoje, né? (neguei) Vou falar com ela depois da aula, então.

Sel off / Demi on

Acordei com pulos na cama e Maddie me chamando - Demi Demi Demi Demi acorda Demi - então me obriguei a abrir os olhos. Ela estava de joelhos ao meu lado na cama, ainda de pijama, claro.

Demi: Bom dia, senhora energia.

Maddie: Oi, Demi. (ela deu um beijo na minha bochecha) A gente não vai pra escola, não? 

Demi: Não, meu amor. (bocejei e sentei na cama, olhando o relógio na cabeceira. Já eram 9:30) Tá com fome? O que quer comer? (perguntei quando ela assentiu)

Maddie: Faz panquecas com carinhas? (eu sorri) Com calda de morango.

Demi: Tá bom, mas você vai tomar banho enquanto eu faço. (ela fez biquinho) Vem, Mad. (ri) 

Levantei da cama, deixando tudo desarrumado mesmo, empurrei Maddie pro banho e fui escovar os dentes. Levei uma roupa para ela no banheiro e depois desci pra fazer as panquecas. Fiz duas pra cada, as da Maddie com carinhas sorridentes e as minhas sem nada. Logo ela veio até a cozinha, com a escova de cabelo em mãos, como sempre, e usando uma jardineira jeans, uma blusa de manga comprida e tinha calçado minhas pantufas. Sorri com isso, ela quase tropeçou enquanto andava até mim me fazendo rir.

Maddie: Ri não, Dems. (fez bico e me alcançou a escova)

Demi: Por que você tá usando isso? Fica enorme em você.

Maddie: Porque são fofas e têm seu chulé! (ela gargalhou enquanto eu passava a escova no seu cabelo)

Demi: Ah, bom saber. Vou esconder elas daqui pra frente. (brinquei e Maddie sorriu, larguei a escova de lado) Vamos comer? (assentiu)


Tinha deitado no sofá da sala para ver um filme qualquer, Maddie brincava com alguns Legos no tapete, de costas para mim. Eu tentava ver o filme mas acabava prestando mais atenção em Maddie do que nele.  Ela ficava reclamando que não conseguia “montar direito” e que “fica tudo torto”.

Maddie: Demi, cadê minhas massinhas? Cansei disso. (se virou para mim)

Demi: Tá lá em cima, na sua caixinha de brinquedos.

Maddie: Não vai buscar pra mim? (piscou os olhinhos e eu neguei rindo) Preguiçosa. (resmungou e foi escada acima)

Enquanto Maddie pegava as massinhas eu peguei um pedaço grande de papel pardo e forrei o tapete da sala com ele para não sujar, não estava muito a fim de ter que lavar um tapete. Ela logo desceu e pediu que eu fosse brincar com ela, sentamos lado a lado sobre o papel.

Maddie: Demi, você sabe fazer o Yoshi?

Demi: Não. (respondi tirando um pedaço azul de massinha do cabelo, Maddie riu. Peguei o pedaço e deixei ele em forma de gota.) Olha só, uma gota de chuva. (joguei nela que riu de novo e o pegou do chão)

Maddie: Vai, Demi, tenta fazer o Yoshi. (fez biquinho)

Demi: Tá bom, tá bom, mas se parecer com uma tartaruga não me culpa. (ela assentiu sorrindo. Peguei toda a massinha verde e fiz com que se parecesse pelo menos um pouco com um dinossauro, enquanto ela tentava fazer um boneco de neve roxo) Por que não me ajuda a fazer os olhinhos e as coisinhas nas costas dele?

Maddie: Tudo bem. (largou o boneco de neve pela metade e deitou de bruços ao meu lado.) Como faz? Eu não lembro como ele é.

Demi: Você pega um pedacinho da massinha vermelha daí faz uma bolinha, assim ó. (mostrei a ela) Daí amassa, e coloca aqui, no meio das costas dele. (fiquei observando ela fazer, com um sorriso no rosto. Eu não merecia ela, não mesmo.)

Maddie: Assim? (ela colocou a massa no pequeno projeto de dinossauro do Mario e apertou para grudar.)

Demi: Uhum. Agora você pega três pedacinhos beeeem pequeninhos de laranja, faz três bolinhas e coloca atrás da cabeça dele, enquanto eu faço os olhos, tá?

Logo Maddie tinha terminado a parte dela e eu a minha, tentei arrumar o bichinho o mais bonito o possível, só que eu não sei fazer milagre.

Maddie: Ficou bem bonito. (ela me olhou sorrindo)

Demi: Você achou, é? (assentiu) Que bom. (sorri a abraçando de lado) Tem que deixar secar, depois você pode levar para o seu quarto se quiser.

Maddie: Tá. (se aconchegou no meu abraço) Eu to com fominha.

Demi: Mas já? (perguntei brincando)

Maddie: É. A gente podia ir no Mc...

Demi: Ah, Maddie. (fiz careta e ela perguntou o que era) Sua irmã aqui tá doente ainda, (foi minha vez de fazer bico no dia) por que a gente não faz um macarrão? Você me ajuda?

Maddie: É que eu queria ver a Tia Tiff, mas tudo bem, eu ajudo. (sorriu)

Demi: Qualquer dia eu chamo a Tiffany aqui em casa, é só pedir quando quer ver ela, tá? (assentiu) Agora, enquanto você limpa essa bagunça eu arrumo as coisas para fazer o almoço. (beijei a testa dela e me levantei, sendo imitada por Madison) Pode ser?

Maddie: E eu tenho escolha? (perguntou com os bracinhos para cima, como se estivesse em dúvida)

Demi: Não tem. (respondi rindo e corri para a cozinha, ouvindo Maddie gritando para me repreender.)


Depois de almoçar e lavar a louça, deitei com Madison no sofá. Ela me pediu que eu lhe fizesse uma mamadeira e estava tomando ela enquanto assistíamos a Garfield, e em poucos minutos cochilou. Fiquei algum tempo encarando ela dormir no meu colo, mas meu corpo começou a reclamar do peso dela e tive que levá-la para a cama. Subi até o meu quarto, a deitei do meu lado da cama e a cobri. Tinha começado a chover fraco e eu tive que resistir à tentação de deitar ali junto a ela. Dei um beijo na sua testa e peguei nossas mochilas, que estavam jogadas em um canto do quarto, a minha para fazer as atividades que Selena havia me passado e a de Maddie para ver se ela não tinha esquecido de fazer nada.
Até aquele momento, fazer a tarefa foi o único ponto negativo do dia. Até porque passar um dia daqueles com Maddie – por mais que tivesse sido mais de manhã – me deixava feliz e mais relaxada que qualquer outra coisa no mundo.
Depois de terminar minhas atividades peguei a mochila de Maddie e olhei cada um dos seus cadernos – tinha de música, desenho, texto e blablá, só que ela mal os usava porque era mais nova que o resto do pessoal da sala, então estava num nível de aprendizado diferente; já disse que ela ficava lá porque eu não tinha como deixar ela sozinha, né? A maioria das coisas escritas quem escrevera fora Lucy, os outros rabiscos coloridos foram feitos por Maddie. Praticamente cada risco tinha uma cor diferente e preenchiam páginas inteiras; havia também alguns desenhos, bem feitinhos, dela. Depois de ficar minutos ali sorrindo sozinha para algumas folhas rabiscadas, vi que tinha uma página dobrada e abri o caderno naquela página. Havia uma folha de ofício colada. Abri e era uma autorização para uma peça de teatro. Por que Maddie não tinha falado daquilo?
Enfim, guardei o resto do material e deixei o caderno ali em cima para não esquecer depois. Já eram duas e meia da tarde, resolvi tomar um banho. Busquei minhas roupas no quarto e fui tomar banho no banheiro do corredor, para não fazer barulho e Maddie acordar. Escovei meu cabelo parada na frente ao espelho, eu o deixei solto, não estava afim de fazer muita coisa . Aproveitei e escovei os dentes rapidamente, caminhei de volta até meu quarto e vi que Maddie ainda dormia. Resolvi descer de novo e fui pra varanda da frente, me sentei nas escadas e fiquei ali aproveitando uns fracos raios de sol que escapavam de entre as nuvens. Respirei fundo a brisa que vinha em meu rosto, numa mistura de quente e frio, mas que era gostosa. Eu queria, eu precisava, mas nada me fazia tirar aquela cena da minha cabeça. Suspirei pesadamente, e coloquei os pés num degrau acima, fazendo meus joelhos ficarem mais perto do meu queixo que eu apoiei ali. Encarei a outra casa a frente, e foi tempo de ver Sel chegando da escola, ela tinha a bolsa jogada no ombro, e tinha fones no ouvido. Assim que me viu, acenou sorrindo. "Vem cá." Movi meus lábios numa tentativa dela entender. Selena apontou pra si mesma e depois pra mim. Assenti sorrindo e ela atravessou a rua, passou pelo portão e parou na minha frente. 

Sel: Como você tá? (arrumou a bolsa no ombro me encarando, tirou um dos fones) 


Demi: Melhor... (foi o que consegui dizer)


Sel: Maddie? (sentou-se do meu lado)


Demi: No meu quarto dormindo... (dei de ombros, senti ela me encarando) Você falou com ele, não é? (suspirou e assentiu) Eu só quero esquecer o que aconteceu. Mas sei lá, não dá. Eu não consigo acreditar que eu vi aquilo... (senti lagrimas aparecerem em meus olhos e os esquentarem por completo)


Sel: Você tem que conversar com ele. (colocou a mão no meu ombro direito)


Demi: A gente já conversou, e simplesmente não dá. (sequei a bochecha com as costas da mão esquerda e abaixei as pernas) Eu acho que se nós ficarmos remexendo no passado só vai piorar as coisas. 


Sel: Acontece que mesmo não querendo, vocês têm que falar do passado. (se virou pra mim, colocando meu cabelo pra trás nas costas) Esqueceu da estrelinha dormindo lá no seu quarto? Ela é dele também... (sorriu fraco, abaixei a cabeça e a única coisa que consegui ver foram as lágrimas caindo na direção da minha coxa)


Demi: Eu não me arrependo de nada, sabe? (ela assentiu) Eu não sei como seria minha vida sem a Maddie... Mas por que as coisas tem que ser assim? 


Sel: Lembra o que minha avó dizia? "Deus escreve certo por linhas tortas, minha netinha" (tentou imita-la mas sem sucesso, me fazendo rir) Eu acho que você devia ir falar com ele. (a encarei assustada) Não. Não, da Maddie. Eu acho que isso aí você ainda tem que pensar com mais tempo. Mas sobre vocês dois. (aspirei com força pelo nariz) O Joe ta arrasado também, e eu to me sentindo mal por ter que ficar me metendo entre vocês dois e ficar mandando recado. (revirou os olhos e eu ri) Sério, fala com ele, ok? (joguei uma baforada de ar com força pela boca) 


Demi: Vou tentar... (Selena me abraçou de lado)


Sel: Seja gentil, ok? (dei careta pra ela) Eu até fico com a pequena pra você. 


Demi: Como se já não fizesse isso, não é? (ela riu) Então, como foi na escola? (quando ela iria responder a cortei) Não diga " normal"  ou então "a mesma coisa de sempre" 


Sel: Então tá. Igual aos outros dias! (levantou os braços como uma criança da idade de Maddie faria pra fazer graça) Não foi boa, né? (neguei com a cabeça rindo) Ok, ok. O pai do Logan apareceu aí. 


Demi: Ele não tinha ido embora com a mãe dele? (fiz cara de confusa)


Sel: Foi o que a Van me disse, mas parece que ele voltou. (olhou pro ipod provavelmente procurando outra música)


Demi: O que ele quer? (perguntei, pelo menos pra não ficar silêncio)


Sel: A Vanessa disse que ela já namorou com ele. Terminou por que a irmã dela, que no caso é a mãe do Logan, dava em cima dele. (parou encarando o aparelho em suas mãos) Daí, depois ele começou a sair com a Lily e tiveram o Logan e você já sabe o resto da história. (assenti)


Demi: E você não respondeu o que ele quer... (ri e a empurrei de leve, Selena riu também)


Sel: O Zac... acho que era esse o nome. Ele voltou com o papo de que quer voltar com a Vanessa e tentar de novo. Mas eu acho que ele levou um belo chute na bunda dessa tal de Lily. (ri da cara de Selena)


Demi: Logan sabe? 


Sel: Não. Ele nem conheceu ele direito. Só viu por fotos e videos. Essas coisas. (Senti bracinhos contornarem por volta do meu pescoço) 


Demi: Olha só quem acordou. (dei um beijinho em sua mão) 


Maddie: Eu dormi muito? (abriu a boca, se sentando entre mim e Sel) 


Demi: Não. (sorri pra ela que coçou os olhos. Em poucos segundos Maddie já estava com a cabeça no meu colo e com os pés no de Selena)


Sel: Eita, que folga. Nem dá um beijo antes. (Escutei Maddie gargalhar, mesmo com a voz rouca pelo sono, ainda continuava fofa) Sabe quem vai ficar na casa da Tia mais linda desse mundo hoje?


Maddie: Quem? (perguntou com os olhos fechados, mas já esboçando um sorriso)


Sel: Uma menininha muito da folgada. (fez cócegas nela que quase rolou os 3 degraus, mas dando tempo de eu a segurar) 


Maddie: Eu não sou folgada. (riu se sentando) Só quero jantar lasanha hoje. (fez carinha de anjo enquanto piscava os olhos 3 vezes rápido. Selena gargalhou.) 


Sel: Tá a gente pode ver o que faz. (Maddie comemorou levantando os braços) Você liga ou quer que eu ligue? (Sel perguntou)


Demi: Pode deixar que eu ligo. Não posso mais fugir disso. (ela assentiu)


Maddie: Ligar pra quem? Fugir do que Demi? (me encarou confusa) Tem alguém atrás de você? (gritou desesperada, fazendo eu e Selena rirmos fraco)


Demi: Não é nada meu amor. (mexi no seu cabelo que estava meio bagunçado) Eu só tenho que resolver umas coisas, ok? (ela assentiu, escutei Tia Mandy gritar Selena no outro lado da rua)


Sel: Vou lá. (se levantou, fiz o mesmo e Maddie ficou em pé em um dos degraus) Que horas você vai?


Demi: Eu vou ver com... (lembrei de Maddie) Eu vou ver direitinho, e te ligo pra avisar antes. 


Sel: Ok. (me abraçou, e fez o mesmo com Maddie dando um beijo em sua bochecha) Vou falar com minha mãe da lasanha, ok? (ela concordou feliz) Então tá. Até. (deu um tchauzinho rápido pra gente antes de correr até o portão e logo depois atravessar a rua, sua mãe acenou pra mim e Maddie e respondemos do mesmo jeito)



O jeito agora, era tomar coragem pra ligar pra Joseph. Acho que nunca usei tão rápido um telefone, eu não queria que começássemos a discutir em plena ligação. Então às 19, eu estava com Maddie parada na porta de Selena esperando que ela viesse abrir a porta. 


Maddie: Onde você vai? (perguntou enquanto eu estava abaixada arrumando seu moletom rosa. Incrível como o tempo tinha mudado e passado tão rápido) 


Demi: Vou resolver umas coisas ok? (Ela assentiu fazendo bico)


Maddie: Você e o... (Escutei a porta ser aberta e me levantei, encarando a figura a minha frente de toalha na cabeça)


Sel: Desculpa, tava no banho (sorriu com vergonha e Maddie a abraçou pelas pernas) Oi, ursinha. 


Maddie: Oi Tia Sel! Você fez a lasanha? (perguntou ainda agarrada as pernas de Selena, jogando a cabeça pra trás pra a encarar) 


Demi: Madison! (a repreendi, mas Selena riu)


Sel: Corre lá na cozinha e vê com a Dona Amanda. (ela assentiu e correu até metade do caminho antes de voltar, me agachei pra ficar do seu tamanho)


Maddie: Você não pode mesmo ficar pra comer lasanha com a gente? (fez bico de novo)


Demi: Não, meu amor. Tenho que resolver umas coisas que não podem passar de hoje. Mas assim que der a gente marca de novo e eu janto com vocês, tudo bem? (ela assentiu, tristonha, mas assentiu, dei um beijo na testa dela me levantando) Aqui Sel, não tem muita coisa, é só pro caso de eu chegar tarde. (Ela me encarou, dando um sorriso torto) Vê se a Tia Amanda não quer ajuda, Maddie. (ela me encarou, puxou minha mão dando um beijinho e entrou na casa de novo)


Sel: Não precisa ter pressa, ok? Resolve com calma. Escuta o que ele tem pra falar, e diz tudo o que você acha. (assenti sorrindo fraco) Se quiser pode deixar a Maddie dormindo aqui, e amanhã de manhã antes da escola eu levo ela. 


Demi: Obrigada Sel, mas acho que não vou demorar tanto assim. (ela concordou) Eu tenho que ir lá. (encarei o relógio no meu pulso) Me deseja boa sorte? (fiz careta e ela sorriu me abraçando)


Sel: Toda sorte do mundo! (rimos quando ela se afastou e a toalha soltou fazendo com que ela esticasse as mãos super rápido pra tentar segurar)


Demi: Agora vai pentear esse cabelo, Marie! (me deu língua, enquanto eu descia as escadas da varanda de sua casa)



Resolvi ir caminhando até o restaurante em que Joe disse que estaria me esperando. Encarei o papel na minha mão pra ver se era aquela rua mesmo. Só tinha ido nele uma vez, quando meu pai tinha sido promovido e resolveu comemorar já que era do tipo caro e enorme. Assim que cheguei uma recepcionista me atendeu perguntando meu nome, assim que respondi me levou até uma mesa no canto onde estava vazia. Sorri o máximo que pude e fui até ela me sentando, batuquei os dedos na madeira escura, nervosa. Não via a hora de acabar logo com aquilo e ao mesmo tempo queria que Joe demorasse mais a chegar. O lugar estava somente com algumas pessoas já sentadas. 
Respirei fundo depois de uns 10 minutos quando escutei uma voz conhecida agradecer alguém ali dentro. É, ele tinha chegado. 

~Duda aqui~ E AÍ, GENTE BONITA? Como estão? E as aulas já começaram? To aqui em plenas 3 horas da madrugada pra postar pra vocês <3
Então, temos aqui um capítulo um pouco maior que o normal pra compensar o tempo que a gente não postou <3 A partir desse capítulo as coisas vão mudar (rçrçrçrçrç) se vocês pensaram que seriam só flores depois que eles começaram a namorar, estavam enganadas.
Feliz Carnaval aí pra quem gosta, eu vou passar o meu em casa comendo e vocês? u_u
As aulas da Poliana começam agora dia 18 (acredito que a da maioria aqui também) e as minhas sóóóóó 21 de março, me invejem u_u Só pra avisar vocês.

É isso aí
Tenham um bom primeiro dia de aula u_u
xoxo, Duda

8 comentários:

  1. Ai cara que perfeito !! Meu Deus ! Essa relacao da maddie com a Demi e a coisa mais linda do mundo ! Super serio! Mas como vai ser essa conversa em ?! Eles dois nao vão se acertar nao ?! :( posta logo

    ResponderExcluir
  2. Eles PRECISAM se acertar! Tipo, sei lá, só tem que se acertar! São perfeitos um pro outro!
    Eu amo a Sel com Maddie, elas são engraçadas juntas.
    Posta Logo!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Eles tem que voltar u_u Poosta logo por favor, por favor!! xoxo

    ResponderExcluir
  4. PERFEITO
    Posta Logo
    a Maddie é muito fofa!!!! <3
    espero que a Demi perdoe ele.

    BeiJemi

    Obs: as minhas começam dia 18, mas eu estou com muita inveja de você Duda!!! kkkkkkkk

    ResponderExcluir
  5. doru sua fic haha
    ei, posso perguntar aonde vc conseguiu seu layout ou é vc quem faz?

    posta logo xx,

    ResponderExcluir
  6. Selinho pra você aqui:
    http://jemi-tryagain.blogspot.com.br/2013/02/capitulo-13-divulgacao-selo.html

    ResponderExcluir
  7. ahhhhhhhcontinuaaaaaaa
    espero que a Demi acredite no Joe
    nao gosto de ver eles separados
    e espero que nao demore para elacontar a verdadea ele

    ResponderExcluir
  8. Jemi tem que voltar logooo
    Ameiii o capitulo
    Por favor Posta logooooo
    Beijos!!!

    ResponderExcluir